Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Seminário de Agroecologia
Início do conteúdo da página

Seminário de Agroecologia

Publicado: Sexta, 04 de Agosto de 2017, 12h35 | Última atualização em Sexta, 04 de Agosto de 2017, 12h35

A comunidade quilombola Angelim I é um grupo de pessoas formado por aproximadamente trinta famílias quilombolas, que está subdividida em cinco núcleos familiares. Este grupo trabalhava com agricultura tradicional- agroecologia.

A comunidade foi reconhecida pela fundação Cultural Palmares a partir de 2004, e certificada como comunidade tradicional, sendo o núcleo familiar ‘‘Eugênio Bento Adão’’ o mais antigo da região.

Estes povos vivenciaram todo o período de escravidão do povo negro: nestas terras sofreram serviços pesados, servindo aos senhores barões, donos das terras na época do Brasil Colônia. A família que deu origem à comunidade quilombola reside até os dias de hoje no território do riacho Angelim I, no município de Conceição da Barra distrito de Itaúnas, (norte do Estado do Espírito Santo).

 

Atividades

A mais de trezentos anos trabalhavam com manejo da terra para a produção de mandioca e fabricação da farinha e seus derivados como, beiju, tapioca e farinha de coco, de forma manual, o que exige grande esforço físico e mão de obra, além de conhecimento para produzir produtos com qualidade e sabor.

Atualmente, a comunidade está organizando-se em associação: Associação Agricultores Quilombola da Comunidade Angelim I - Aacqua. Uma vez constituída enquanto associação, terá mais qualidade de vida para os membros, além de ser mais facilidade pela demarcação e titulação do território quilombola Angelim I.

 

Seminário de Agroecologia e Mandioca

A comunidade quilombola Angelim 1, com apoio do Governo do Espírito Santo e do Ifes, promoverá nos dias 11 e 12 de agosto, a Inauguração da casa de farinha e o Seminário de Agroecologia e Mandioca. O evento é gratuito e público.

 

Programação:

Dia 11/08 - sexta-feira
Festejos à Santa Clara

06:00 - Reza do Santo Ofício
07:00 - Café da manhã compartilhado
14:00 - Procissão
15:00 - Santa Missa em honra a Santa Clara
19:00 - Ladainha em Homenagem a Santa Clara
20:00 - Cantigas de roda, contação de história e fogueira

 

Dia 12/08 - sábado

07:00 - Café compartilhado
08 às 11:30 - Seminário Agroecologia e mandioca
12:00 às 13:00 - Almoço-feijoada beneficente (R$ 10,00 o prato)
13 às 18:00 - Vivência na farinheira
18:30 - Abertura das barracas de quitutes da mandioca
19:00 - Reis de Boi da Vila
20:30 - Caxambu de Monte Alegre
21:30 - Bingo de uma Leitoa
22:30 - Forró com a banda Fogumano com quadrilha improvisada.

 

Informações mais detalhadas com a professora Nágila de Fátima de Rabelo Moraes.

registrado em:
Fim do conteúdo da página