Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Participação de alunos no projeto "Arte da Palavra" do SESC

Publicado: Quinta, 04 de Maio de 2017, 10h31
 
 
 
Aconteceu, no dia 07/04, às 19h, no Auditório do SESC de São Mateus, um encontro com o Cordelista Sérgio Bahialista de Salvador-BA. O evento faz parte do Circuito Oralidades do Projeto Arte da Palavra desenvolvido pelo SESC. Neste ano, o projeto contemplará 48 cidades, sendo uma destas São Mateus.
O compositor de Cordel, professor de Literatura e arte-educador Sérgio presenteou o público com recital de Cordel de grandes autores do Nordeste e também de autoria própria, além de muita música e uma aula de métrica é poesia.
Estiveram presentes poetas mateenses, professores de Literatura e alunos , dentre estes a professora Adriana e os alunos do Ifes, que participaram ativamente do encontro, tornando a noite repleta de música e poesia.
A frente do projeto, em São Mateus, estão a bibliotecária, Luciana, e a contadora de histórias, Núbia, ambas do SESC, e o escritor Wilson Coelho, coordenador do SESC Glória.
 
Segundo a professora Adriana pin " A maioria dos alunos era do nosso campus, o que demonstrou interesse em aprender um pouco mais mais sobre a Literatura de Cordel, a qual faz parte do nosso currículo (1º. ano dos cursos integrados). Foi um momento de descontração, aprendizado da nossa cultura, além de uma aula criativa sobre métrica e rima (composição de redondilhas maiores e menores. Já no dia 13/04/17, novamente, nossos alunos dos cursos integrados estiveram presentes, agora em maior número, também no auditório do SESC, às 19h, para prestigiarem o escritor pernambucano, Mário Rodrigues, vencedor do Prêmio SESC de Literatura, na categoria contos, em 2016, com a obra Receita para se fazer um monstro. Desenvolvi um trabalho com os alunos do 1º. MIM, que consistiu na leitura dos contos, análise narrativa e narração oral das histórias, conforme consta no programa dessa turma. Com as outras turmas, foi feita a leitura de alguns contos, em sala de aula , e discussão das suas temáticas. No encontro, foi discutido acerca da temática dessa narrativa, a qual mostra as raízes da crueldade humana, ou seja, de como a sociedade constrói um monstro, cuja desconstrução e esfacelamento do ser humano começa na infância. É muito reflexiva e leva a pensar sobre como as pessoas que vivem à margem da sociedade, no mundo do crime, são levadas a isso. A obra apresenta uma linguagem contemporânea, apresentando peculiaridades, como ausência de vírgulas."
 
"Os alunos, nos dois encontros, tiveram a oportunidade de ter contato direto com escritores "vivos", podendo fazer perguntas, conversar, conseguir um autógrafo... Esses momentos são valiosos, pois caracterizam a difusão e promoção da leitura, no nosso país, cujos índices ainda são deficientes. Sabemos que um país desenvolvido, de fato, possui um povo leitor, crítico, que não aceita injustiças e luta por uma sociedade melhor."
 
 
 
registrado em:
Assunto(s): Projeto , arte da palavra , SESC
Fim do conteúdo da página